fbpx
As oportunidades de trabalho e negócios em saúde no Brasil

As oportunidades de trabalho e negócios em saúde no Brasil ficaram evidenciadas no último ano com a grande crise de saúde pública mundial. Se existe um ramo de negócio que sempre terá espaço para o avanço é o setor de saúde. Lembro que a pirâmide populacional está invertendo, fato já vivenciado na saúde suplementar no Brasil. Este setor possui diferentes oportunidades de trabalho, medicamentos, insumos médicos hospitalares, entre outros.

Mas onde está a segurança para se investir no mercado de saúde?

Atualmente temos aproximadamente 210 milhões de habitantes no Brasil e que são uma população que pode ser visada economicamente, pois são consumidores em potencial de produtos em saúde.

A saúde é um dos temas mais relatados em programas presidenciais e solicitados pela comunidade em geral e que normalmente as pessoas pedem melhoreis. Temos no Brasil a saúde pública e a saúde suplementar que precisam de profissionais de saúde e insumos médicos hospitalares para tratamento em saúde. Este aspecto nos demonstra que a economia que gira ao redor do mercado em saúde é enorme.

A educação em saúde é um mercado promissor, onde temos os cursos técnicos de graduação e de pós-graduação. Além disso, temos cursos de extensão que podem ser realizados por estes profissionais de saúde, devendo estar ligado com a educação permanente em saúde. Neste mercado existe espaço para docentes, editoras, material educacional, ambiente virtual de aprendizagem.

Em continuidade as oportunidades de trabalho podemos citar clínicas de habilitação e reabilitação, hospitais, home care, clínicas de repouso para adulto, entre outros. Mais uma vez temos oportunidades em recursos humanos, insumos de escritórios, insumos médicos hospitalares, além de postos laborais para profissionais de saúde.

Agora em 2021 temos visto a insuficiência de médicos, enfermeiros, fonoaudiólogos e fisioterapeutas em diversos locais do Brasil. No entanto, esta falta de profissionais demonstra a despreocupação do executivo brasileiro em formar de acordo com as necessidades do mercado de trabalho. Fato que é comprovado com profissionais de educação superior executando serviços de ensino médio.

Em continuidade temos um ponto importante que demonstra a desarticulação das necessidades sociais com o direcionamento que pode ser dado pelo governo. Atualmente temos problemas com insuficiência de oxigênio medicinal, distribuição ruim de seringas e agulhas, falta de luvas e capotes, serviços de hotelaria hospitalar insuficiente para lidar com a demanda de atendimento.

Fica a provocação de investirmos com agilidade no mercado produtivo de saúde que possui diversas oportunidades mas falta um direcionamento e sinalização para os empresários do mercado em potencial em saúde.

 

Prof. Rodolfo Prado da Siva

Possui graduação em Fonoaudiologia,
com especialização em Educação e
Promoção da Saúde e Gestão de Serviços e
Sistemas de Saúde , possui MBA em
Economia e Avaliação de Tecnologias em Saúde.

INSTITUCIONAL

FAQ
Instituto Nikola Tesla